Governo do RN entrega reforma do Hospital Rafael Fernandes

ASSECOM/RN - ROBSON ARAÚJO

O Governo do Rio Grande do Norte, por meio da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), inaugurou, nesta segunda-feira (14), a reforma do Hospital Regional Rafael Fernandes, em Mossoró. A obra contemplou a reforma na enfermaria e melhorias na estrutura da unidade. Aguardado há seis anos, o investimento de R$ 200 mil, recursos próprios do Estado, proporcionou ainda a abertura de 10 leitos no hospital.

A partir da próxima segunda-feira (21), esses leitos estarão estruturados com suporte ventilatório, funcionando como leitos críticos para atendimento de pacientes com Covid-19.

“Celebramos hoje os investimentos realizados para melhoria das instalações do Hospital Rafael Fernandes, uma referência muito importante em matéria de atendimento à saúde, que é uma prioridade em nosso governo, melhorando cada vez mais a assistência à saúde e o SUS em nosso estado, sempre prestando conta do que fazemos”, afirmou a governadora Fátima Bezerra durante a inauguração.

Com duração de 60 dias, a obra foi dividida em duas etapas. No valor de R$ 100 mil, a primeira fase contemplou a reforma dos leitos clínicos da enfermaria, permitindo a abertura de 10 leitos dessa categoria, sendo 2 para estabilização. A segunda etapa, também ao custo de R$ 100 mil, proporcionou outras melhorias em setores da unidade. A reforma dará conforto para pacientes e servidores, melhorando os processos de trabalho e a prestação de serviço com qualidade.

“Quando o serviço é melhor prestado, tem uma infraestrutura adequada para isso, o servidor sente-se bem mais satisfeito e o produto do seu trabalho é incontestavelmente também melhor. Aqueles que nos importam mais são os usuários, os doentes, são os que mais haverão de se beneficiar. Sem falar que, quando temos uma ambiência adequada, esses usuários ficam bem mais susceptíveis à adesão ao tratamento, assumem o seu processo de saúde-doença e favorecem a possibilidade de resultados melhores e mais eficientes”, afirmou o diretor geral do hospital, Leonardo Menezes.

Inicialmente, o recurso seria utilizado para atender pacientes acometidos pela Covid-19. Contudo, entraves burocráticos atrasaram o serviço original. Assim, o montante foi direcionado para atender outras demandas do hospital. O trabalho foi coordenado pela Sesap, direção do hospital e Secretaria de Estado da Infraestrutura (SIN), em articulação direta com o secretário Gustavo Coelho. A última reforma havia sido realizada em 2014.

ESTRUTURA DO HOSPITAL

O Hospital Rafael Fernandes é uma das principais unidades de saúde de Mossoró e integra a rede estadual de atendimento especializado em HIV. Atualmente, a unidade hospitalar também trabalha como retaguarda Covid para o Hospital Regional Tarcísio Maia.

O hospital conta com 40 leitos de enfermaria distribuídos da seguinte maneira: 20 leitos clínicos na clínica médica, sendo 02 deles de estabilização – funcionando como retaguarda para o Tarcísio Maia; e 20 leitos para pacientes com doenças infectocontagiosas, sendo 02 de estabilização – destinados especialmente para pacientes com tuberculose e HIV/AIDS. Desse total de 40 leitos, dez serão revertidos em leitos críticos para a demanda Covid, sendo três enfermarias – duas com quatro leitos cada e outra com dois leitos de isolamento, todos com suporte de ventilador mecânico.

“Durante a pandemia recebeu um conjunto de investimentos do Governo do Estado, como um novo aparelho de raio-x, além dos R$ 200 aplicados na reforma, tivemos aquisição de ventiladores, monitores, contratação de pessoal, dentre outros investimentos, para que pudéssemos ampliar a capacidade. A expectativa é de que a partir da próxima semana, dia 21, nós possamos ter na unidade leitos para pacientes mais críticos da Covid-19”, acrescentou a secretária adjunta da Sesap, Maura Sobreira.

“Agradecemos o investimento que o Governo tem feito não só em Mossoró, mas em toda a região Oeste que reflete diretamente na saúde da população de Mossoró”, completou a deputada estadual Isolda Dantas.

Até o momento, em 2020, o Rafael Fernandes realizou 16.631 atendimentos no Serviço de Assistência Especializada (SAE), 413 internamentos hospitalares e 308 raios-x (de maio a novembro).

INVESTIMENTOS DO GOVERNO NA PANDEMIA

O Governo do Estado empenhou, até meados de novembro, R$ 236,8 milhões no combate à pandemia. Os investimentos foram para leitos, compra de material médico hospitalar e laboratorial, medicamentos e material de limpeza e outros insumos, contratação de pessoal, plantões médicos, entre outras ações.

Esse valor está dentro do Fundo Estadual de Saúde de orçamento destinado ao enfrentamento do novo Coronavírus e que envolve verbas estadual, federal e advinda de doações.

Entre as divisões estão:
• R$ 39,9 milhões com contratos de locação e operacionalização de leitos de UTI.
• R$ 61 milhões com material médico hospitalar e laboratorial, medicamentos e material de limpeza e outros insumos.
• R$ 45 milhões com contratação de pessoal temporário da área da saúde.
• R$ 21 milhões com EPI.
• R$ 17,9 milhões em aquisição de equipamentos hospitalares e laboratoriais.
• R$ 12,1 milhões com transferências aos fundos municipais de saúde do RN.
• R$ 11,1 milhões com contratos de serviços de manutenção de equipamentos hospitalares e outros serviços; entre outros.

Fonte: ASSECOM/RN

Compartilhe o artigo:
Sobre Gov Notícias 316 Artigos
Redação do Site Gov Notícias

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*