Governo do RN se aproxima da marca de 2.500 vidas salvas

Das condutas criminais, o destaque foi a redução no número de homicídios dolosos - Foto: RAIANE MIRANDA

Uma nova marca expressiva na redução dos índices criminais está próxima de ser registrada no Rio Grande do Norte. Em continuidade ao plano de redução das mortes violentas, o Estado está próximo de atingir a marca de 2.500 vidas salvas. Até o dia 30 de setembro deste ano, a diferença no quantitativo de mortes violentas no comparativo entre a gestão atual e a gestão anterior, é de 2.476 vidas salvas.

Os números são da base de dados disponibilizados pela Coordenadoria de Informações Estatísticas e Análises Criminais (COINE) da Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (SESED), responsável por contabilizar e analisar diariamente os registros das Condutas Violentas Letais Intencionais, os chamados CVLIs.

A comparação do período de 1º de janeiro de 2019 a 30 de setembro de 2022, em que foram registradas 5.145 mortes violentas, com o período de 1º de janeiro de 2015 a 30 de setembro de 2018, onde 7.621 crimes foram praticados, aponta 2.476 vidas salvas, uma redução de 32,5%.

Quanto aos aspectos das condutas criminais, destaque para a redução no número de homicídios dolosos no Estado. Foram 6.163 ocorrências no período de gestão 2015-2018, contra 4.090 ocorrências no período da atual gestão, entre 2019-2022, o que significa -33,6%.

Outro destaque positivo acontece nos crimes de latrocínio, o roubo seguido de morte. Redução de 269 registros na última gestão, para 200 registros na atual gestão estadual, são 25,7% a menos.

A política de trabalho integrado entre forças de segurança pública e a Secretaria de Estado das Mulheres, Juventude, Igualdade Racial e dos Direitos Humanos (SEMJIDH), resultou em grande redução nos casos de feminicício. Enquanto 126 ocorrências foram registradas na gestão anterior, a atual gestão pontuou 67 ocorrências, diminuição em 46,8%.

Redução de mortes violentas nos maiores municípios

Mossoró (Redução de -16,5%)
2015-2018: 826
2019-2022: 690

Natal (Redução de 49,4%)
2015-2018: 2.058
2019-2022: 1.041

Parnamirim (Redução de -56,6%)
2015-2018: 542
2019-2022: 235

São Gonçalo do Amarante (Redução de -32,8%)
2015-2018: 408
2019-2022: 274

Fonte: Assecom/RN

Compartilhe o artigo:
Sobre Gov Notícias 939 Artigos
Redação do Site Gov Notícias

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*