Governo cede imóvel para instalação de nova fábrica no RN

A área de 59.777,00m² fica localizada no Centro Industrial Avançado (CIA) FOTO: DIVULGAÇÃO - SEAD/RN

O Governo do Rio Grande do Norte tem mais de 3 mil imóveis incorporados ao seu patrimônio imobiliário. Desse total, alguns integram o Programa de Readequação Imobiliária do Estado, seja por se encontrarem em situação de desuso ou para garantir o melhor aproveitamento dos espaços. Um desses imóveis ganhou destino recentemente. Trata-se de uma área com metragem de 59.777,00m², em Macaíba, na qual será implantada uma indústria de fabricação de produtos de panificação de empresa do ramo alimentício. O empreendimento deve contribuir com a geração de empregos na região e crescimento econômico para o RN.

A área de 59.777,00m² fica localizada no Centro Industrial Avançado (CIA), Lote nº35, no município de Macaíba, e é propriedade do Executivo Estadual, cuja doação foi pleiteada pela Nova Foods Comércio de Alimentos Ltda, empresa potiguar responsável pela marca Loucos por Coxinha, ainda em 2021. Após tramitado todo o processo ao longo de 2022 e receber parecer favorável dos órgãos competentes, o processo de doação do imóvel foi deliberado, em 02 de fevereiro de 2023, durante reunião do Conselho de Gerenciamento de Patrimônio (CGP), responsável pela política de gerenciamento dos bens da administração estadual. A resolução com a efetiva aprovação da matéria foi publicada na edição desta quinta-feira (9) do Diário Oficial do Estado.

Para o secretário da Administração, Pedro Lopes, que também preside o CGP – formado por membros do GAC, Sead, Seplan, SIN e PGE/RN, a cessão do imóvel representa não só uma negociação entre o Governo do Estado e a iniciativa privada, mas também uma parceria importante no processo de retomada do desenvolvimento do Parque Industrial do Estado. “Promover a otimização do uso do patrimônio imobiliário é uma constante do Governo da professora Fátima Bezerra, bem como o fomento do crescimento econômico estadual. Dito isso, a expectativa é de que a cessão do imóvel resulte em um ambiente de negócio que contribua para geração de mais empregos, aumentando na contribuição tributária, e dinamismo na indústria do Rio Grande do Norte”.

De acordo com a empresa, o propósito da indústria de alimentos é ampliar o negócio de forma planejada e estruturada, em razão das instalações atuais (área e galpão) não terem mais espaço e capacidade para a sua expansão. Almeja ainda oferecer produtos de qualidade, com controle e escalabilidade, no mercado de foodservice, varejo e atacado, e continuar atendendo ao mercado de franquia, bem como continuar gerando emprego e renda no RN.

Em contrapartida à cessão do imóvel, a empresa se compromete a buscar de maneira constante o crescimento no mercado nacional, realizando sempre investimentos para expansão em todas as linhas de alimentos congelados e adquirir insumos no mercado local para produzir mais de cinco milhões de toneladas de alimentos por ano. Visando ainda um papel social, vai desenvolver projetos que impactem famílias norte-rio-grandenses na região.

A reserva da área industrial no lote nº 35 do CIA possibilitará o crescimento planejado e estruturado da empresa Loucos por Coxinha, sobretudo no que diz respeito ao atendimento das necessidades de expansão física das suas instalações atuais. Com 100% da sua capacidade instalada, o empreendimento prevê uma produção anual em torno de 650 milhões de coxinhas (5 milhões de toneladas de alimentos). O número é cinco vezes mais comparado à produção atual. Outro salto estimado, segundo projeções da empresa, diz respeito à geração dos empregos diretos, que sairão de aproximadamente 250 para 750 em média.

Fonte: Portal do Governo do RN

Compartilhe o artigo:
Sobre Gov Notícias 939 Artigos
Redação do Site Gov Notícias

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*