Estão abertas as inscrições do Edital Estadual de Fomento ao Audiovisual Potiguar

Edital selecionará 14 produções do Rio Grande do Norte - Foto: Auana Câmara

O Edital selecionará 14 produções do Rio Grande do Norte, com o investimento de 1 milhão de reais

As inscrições para o Edital do Fomento Audiovisual Potiguar iniciam nesta quarta-feira, 24 de janeiro e seguem até 03 de março de 2024. Os projetos contemplados terão 12 meses para a execução da proposta, com a possibilidade de prorrogação por mais 6 meses, caso se comprove a necessidade. O edital selecionará 14 produções do Rio Grande do Norte, com o investimento de 1 milhão de reais. Esse fomento parte da distribuição de 500 mil reais do Governo do Estado do Rio Grande do Norte e 500 mil reais de emenda parlamentar da deputada federal Natália Bonavides.

“Este é um grande sonho realizado, quando podemos oferecer mais perspectivas e oportunidades para o setor do audiovisual que é tão potente em nosso Rio Grande do Norte. O Edital vem para somar e incentivar com recursos desde a produção do roteiro, produção de curtas e o incentivo ao audiovisual em todas as regiões. É o nosso Estado na ponta das produções e uma força para as realizações”, disse a governadora Fátima Bezerra. Do total de 1 milhão de reais para o investimento do Edital de Fomento do Audiovisual Potiguar, serão distribuídos R$280.000,00 para o desenvolvimento de roteiro de longas-metragens e séries, R$ 220.000,00 para a produção de curtas-metragens de novos realizadores, R$ 340.000,00 para produção de curtas-metragens, e R$160.000,00 para produção de pilotos de série. Essa distribuição abraça a proposta apresentada pelo próprio setor audiovisual, com pequenas adequações necessárias para caber nos processos do Estado.

Para democratizar e pluralizar a cultura do RN, o edital terá a distribuição geográfica dos recursos dentro do Art. 5o da Lei Complementar Estadual no 460, de 29 de dezembro de 2011, estabelecendo que 50% dos recursos serão destinados aos municípios da Região Metropolitana de Natal e outros 50% para os demais municípios do Estado. Assim, contempla todos os territórios da cidadania, que são: Alto oeste; Seridó; Agreste/Litoral Sul; Sertão do Apodi; Mato Grande; Trairi; Assú/Mossoró; Potengi; Sertão Central Cabugi/Litoral Norte e Terras Potiguaras.

Alinhados a retomada do Ministério da Cultura, as políticas afirmativas também são acolhidas nesse edital. Por isso, respeitando o Art. 50 do Decreto Federal de Fomento no 11.453, de 23 de março de 2023, dispõe de mecanismos que determina a metade das vagas destinadas às políticas afirmativas e a outra metade à ampla concorrência. “Esse edital, tem esse recorte para contemplar projetos tanto da grande Natal quanto dos demais municípios, assim como o cuidado em selecionar projetos de ações afirmativas. É muito importante que o Rio Grande do Norte se apresente em formato audiovisual, mostrando a sua diversidade de cenários, de histórias e de artistas”, destacou Mary Land, Secretária Extraordinária de Cultura.

O edital vem como mais uma oportunidade em fomentar a execução da política estadual de cultura, conectando os interesses da sociedade e dos realizadores do audiovisual, às demandas do Governo do Estado. Incentiva a produção desses materiais, e as suas formas de expressão, junto a pesquisa, a formação e o aprimoramento de programas culturais. “Nosso mandato teve a grande alegria de contribuir com o edital. Será R$ 1 milhão fruto de uma parceria nossa com o governo. Sabemos o quanto esse recurso é importante para o fortalecimento da produção audiovisual do RN, setor que só tem crescido e trazido investimentos para o nosso estado” comenta a deputada Natália Bonavides.

Todas as informações sobre o edital estão disponíveis na plataforma maiscultura.rn.gov.br.

Fonte: Portal do Governo do RN

Compartilhe o artigo:
Sobre Gov Notícias 936 Artigos
Redação do Site Gov Notícias

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*